Programas Sociais

Como fazer o Cadastro Único para programas sociais

O Cadastro Único é um banco de dados que reúne informações sobre brasileiros que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza. Famílias que desejam ingressar em programas sociais como o Bolsa Família ou o Minha Casa, Minha Vida, deve fazer o registro no CadÚnico.

Se você está pesquisando informações sobre como fazer a sua inscrição, a partir de agora nós vamos explicar todos os procedimentos necessários. Acompanhe o texto até o final e veja as orientações para ter o seu pedido aprovado.

Como funciona

Como fazer o Cadastro Único para programas sociais

O CadÚnico é um conjunto de informações instituído pelo Governo Federal, com o objetivo de identificar a situação de famílias de baixa renda. É por meio deste banco de dados que o governo obtém informações sobre as maiores dificuldades que estas famílias enfrentam.

As informações obtidas pelo Cadastro Único são utilizadas pelo Governo Federal, pelos estados e pelos municípios para implementar melhorias na vida das famílias que vivem em condição de pobreza e extrema pobreza.

Quem pode fazer o cadastro

Para poder se inscrever, a família de baixa renda deve ter uma renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo ou uma renda mensal total de até três salários mínimos.

Como fazer o cadastro

Para se inscrever no Cadastro Único, a família de baixa renda deve procurar o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) mais próximo da residência e solicitar o cadastro. O atendimento também pode ser realizado na prefeitura municipal. O local pode variar de acordo com a cidade.

Para que a inscrição seja realizada, é necessário que haja uma pessoa responsável pela família para responder às perguntas do cadastro. Esta pessoa deve ser um membro da família, morar na mesma casa e ter pelo menos 16 anos.

Vale ressaltar que o responsável familiar, de preferência uma mulher, precisa apresentar o seu CPF ou Título de Eleitor no momento de abrir o cadastro.

Documentos necessários

Além dos documentos do responsável familiar, é necessário levar ao menos um documento de identificação de todos os integrantes das famílias, tais como:

  • CPF
  • Carteira de identidade (RG)
  • Certidão de Nascimento
  • Certidão de casamento
  • Carteira de Trabalho
  • Título de Eleitor
  • Certidão administrativa de nascimento do indígena (RANI)

Também é recomendável apresentar um comprovante de endereço, como conta de água ou luz, por exemplo. Embora não seja obrigatória a apresentação, ela é importante para auxiliar no preenchimento do endereço.

Após o cadastramento da família, é importante manter os dados sempre atualizados, como por exemplo, em caso da família mudar de residência. Se isso acontecer, procure o CRAS e realize a alteração dos dados.

Como saber se o cadastro foi aprovado?

​Apesar da família de baixa renda ter direito a fazer o cadastramento, isso não garante que ela será aprovada. A seleção acontece mensalmente, e aquelas que forem selecionadas, recebem um comunicado oficial do governo por meio de uma carta enviada ao endereço cadastrado no CadÚnico.

Programas Sociais que utilizam o CadÚnico

Programas Sociais que utilizam o CadÚnico

A inscrição no Cadastro Único é um requisito indispensável para a família poder participar de programas sociais do governo federal. Além disso, estados e municípios também fazem uso deste instrumento para realizar a seleção dos participantes.

Veja abaixo a relação de alguns dos programas que exigem a ativação do CadÚnico:

Aposentadoria para pessoa de baixa renda

⇒ Bolsa Família

⇒ Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental)

⇒ Brasil Carinhoso

⇒ Carteira do Idoso

⇒ Carta Social

⇒ Fomento (Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais)

⇒ Isenção de Taxas em Concursos Públicos

⇒ Minha Casa, Minha Vida

⇒ Passe Livre para pessoas com deficiência

⇒ Pró Jovem Adolescente

⇒ Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI)​

⇒ Programa de Cisternas

⇒ Tarifa Social de Energia Elétrica

⇒ Telefone Popular

Você acabou de conferir as informações sobre a inscrição do Cadastro Único. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E se você ficou com alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *